Notícias

09
outubro 2020

Ômega 3 benefícios comprovados

Ômega 3

Nos últimos anos, tem crescido o interesse científico por evidências de que dietas com quantidades adequadas de ácidos graxos poliinsaturados, entre eles o Ômega 3, são benéficas na prevenção ou tratamento de doenças e promoção da saúde.

Nesses achados científicos, inúmeras funções metabólicas foram evidenciadas, entre elas, redução nos processos inflamatórios e diminuição do risco de desenvolvimento de doenças crônicas, como doenças cardíacas, câncer, artrite, além de doenças inflamatórias intestinais, tolerância a glicose e doenças neurodegenerativas.

Em atletas, o consumo de ômega-3 também se mostra benéfico no desempenho, otimizando o processo de recuperação, reduzindo dor muscular tardia, atenuando processos oxidativos, sinalizando síntese proteica e preservando a imunidade.
É preciso considerar a importância de uma recuperação adequada, pois o treinamento físico exerce um estresse fisiológico que requer ativamente uma resposta dos sistemas cardiovascular, pulmonar e nervoso, buscando constantemente aumentar o fluxo sanguíneo e o suprimento de oxigênio para o músculo esquelético em atividade, pois durante o exercício, o fluxo sanguíneo pode aumentar para mais de 80% comparado aos 20% de repouso e é aí onde a oferta de nutrientes requer maior atenção, melhorando as respostas ao exercício, culminando para melhora de rendimento e performance.

O ômega-3 é composto pelo ácido α-linolênico (ALA), o ácido eicosapentaenóico (EPA) e o ácido docosahexaenóico (DHA).
O EPA com ação principal na produção de prostaglandina, substância que regula e protege o organismo da agregação plaquetária, inflamação e da redução das respostas imunes.
Já o DHA é um componente importante de todas as membranas celulares e é encontrado preferencialmente no cérebro, na retina e é importante para o desenvolvimento fetal adequado.

Porém, tanto o EPA quanto o DHA não são produzidos pelo organismo humano, assim é preciso que busquemos em fontes alimentares, principalmente em peixes de água fria, sardinha, salmão, atum, linguado e outros frutos do mar, algas, krill e truta de água doce. Já o ALA é encontrado em alimentos de fontes vegetais, tais como sementes de linhaça, óleo de canola, soja, sementes de abóbora, nozes e seus óleos derivados, mas o ALA precisa ser convertido em EPA e DHA pelo nosso organismo para que exerça as funções metabólicas propostas.

Assim como outros nutrientes, as quantidades necessárias para obtermos os benefícios não são tão fáceis de serem alcançadas através de fontes alimentares devido à dificuldade no consumo diário e é aí onde a suplementação de Ômega-3 vai fazer a diferença, pois quando na concentração adequada e com a garantia da qualidade da matéria-prima, a resposta do organismo é evidenciada.

Conforme as evidências científicas têm mostrado, as concentrações ideais para obtermos os benefícios citados é entre 1 e 2g de EPA ao dia para adultos.

Além da concentração adequada, o selo IFOS também é importante, pois essa é a certificação mais criteriosa de avaliação dos suplementos de ômega-3, garantindo os mais altos padrões de qualidade, segurança e pureza e é certificado pelo laboratório canadense Nutrasource.

Esses foram os principais critérios que a Probiótica buscou para a fabricação do Pure Ômega 3 TG. Um suplemento alimentar de óleo de peixe em cápsula, com alta concentração de EPA e DHA, fornecendo 1048mg de EPA, 424mg de DHA e 100% do valor diário de Vitamina E na porção de 2 cápsulas. São 736mg de ômega 3 por cápsula.

O Pure Ômega 3 TG é o mais concentrado do mercado. Além disso, possui o selo IFOS, é livre de metais pesados (mercúrio, cádmio, chumbo e arsênio), zero colesterol, zero glúten, zero lactose, odor free e suas cápsulas são gastrorresistentes, o que garante maior conforto gástrico para o consumidor.

Agora me conte, você faz uso diário do Ômega3?

JANAÍNA PORTO ALEGRE
Graduada em Nutrição pela Unisul/SC
Pós Graduada em Nutrição Esportiva e Funcional
Pós Graduada em Fitoterapia
Experiência clínica com atletas da Elite e Amadores desde 2011

ATLETA AMADORA
Triathleta
11 x 70.3 Ironman Finisher
World Championship 2018 – África do Sul

REFERÊNCIA:
1-Gammone, M.A, et al. Sport. Nutrients 2019, 11, 46.
2-Lee SR, et al. Sports (Basel). 2019;7(7):167. Published 2019 Jul 9. doi:10.3390/sports7070167