Notícias

16
fevereiro 2021

Beta Alanina – para que serve

Beta Alanina

A busca por suplementos alimentares como auxílio ergogênico para o treinamento é cada vez mais frequente, estes são substâncias utilizadas pelo atleta visando potencializar o desempenho esportivo.
Entre eles a BETA ALANINA vem sendo cada vez mais popular entre os atletas, devido à sua capacidade de retardar a fadiga.
O COI (Comitê Olímpico Internacional) assegura ser este um dos recursos ergogênicos com grandes evidências e eficácia para o desempenho esportivo.

Beta Alanina – para que serve

Você, atleta, conhece a beta alanina – para que serve e forma de utilização desse aminoácido?
A BETA-ALANINA é um aminoácido que tem como função aumentar a Carnosina intracelular, pois é ela, a Carnosina, um dipeptídeo formado por B-alanil-L-histidina, que desempenha o papel de tamponamento intracelular de íons de hidrogênio (H+), reduzindo a sensação de fadiga e permitindo que o atleta tolere maiores cargas de treinamento.

Beta alanina – como funciona

Vamos entender, como isso ocorre.
Conforme o exercício intenso e de curta duração progride, os íons de hidrogênio (H+), que são produzidos quando o ácido láctico se desassocia do lactato, superam a capacidade de tamponamento intracelular levando a acidose muscular pela redução no pH.
O aumento desses íons de hidrogênio intramuscular reduz a contração muscular, levando o atleta à fadiga.
Isso ocorre devido à dificuldade da liberação do cálcio do retículo sarcoplasmático para contração muscular.
Além disso, a ação antioxidante, pela redução dos radicais livres também é atribuída à BETA ALANINA.

Atleta Stella Miolo
Atleta Stella Miolo

Eficiência

As evidências mostram que, no exercício de alta intensidade e curta duração, 30s a 10min, onde há prevalência no acúmulo dos íons H+, a suplementação de BETA-ALANINA se mostra mais eficaz, porém atletas de resistência que realizam sessões de treinamentos intervalados podem se beneficiar de uma resposta adaptativa gerada nesse tipo de treino, acumulando uma maior carga de trabalho durante cada sessão, assim como uma finalização de sprint no final de uma corrida prolongada ou de ciclismo.

Como utilizar

Você deve estar se perguntando, qual a melhor forma de utilizar?
É visto que a resposta ao aumento da Carnosina intramuscular é dose-dependente, devendo ser fracionada em 3-4 doses diárias para uma melhor biodisponibilidade, assim como reduzir a parestesia (sensação de formigamento).
O uso deve ser crônico entre 2 e 24 semanas de suplementação para obter melhores respostas.

Atleta Carlos Rissato
Atleta Carlos Rissato

Que tal começar já um ciclo de BETA-ALANINA potencializando seu desempenho na preparação de seu próximo desafio?

Janaina Porto Alegre
Nutricionista Esportivo e Triathleta
CRN 3611

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.